Clique e acesse a edição digital

7 formas eficazes de prevenir a infertilidade

Tempo de Leitura: 2 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
capa2

Os sistemas reprodutores do homem e da mulher são bastante complexos. Por isso, problemas relacionados à infertilidade podem ter diversas origens. Os casos mais complicados requerem um acompanhamento médico e tratamento de acordo com o histórico do paciente e a origem do problema.
Apesar de muitos casos de infertilidade terem origem genética, existem medidas preventivas que podem evitar o uso de medicamentos e de procedimentos de alto custo e ainda prolongar o período fértil – no caso das mulheres. Confira algumas dessas medidas a seguir.

não seja prejudicado por doenças evitáveis.

4. Evite a obesidade
Diversas pesquisas relacionam o excesso de peso com alterações hormonais que afetam tanto a ovulação quanto a produção de espermatozoides. A obesidade também pode causar diversos problemas durante a gestação.

5. Prefira roupas leves e confortáveis
Essa dica serve especialmente para os homens. Roupas apertadas e de tecido sintético podem aumentar a temperatura dos testículos, o que prejudica a produção e a qualidade dos espermatozoides.

6. Idade
Esse é um problema que atinge mais às mulheres. Principalmente a partir dos 35 anos, o potencial reprodutivo feminino decai de forma considerável. A partir dessa idade, é mais difícil de ocorrer a fecundação.
A indicação dos médicos é de que as mulheres que pretendem engravidar depois desse período congelem os óvulos a fim de garantir o potencial reprodutivo. Há ainda a possibilidade de utilizar óvulos doados. Esse procedimento diminui os riscos de abortamentos e o desenvolvimento de doenças cromossômicas. 

7. Tabagismo 
Mulheres fumantes podem apresentar maior dificuldade para engravidar do que aquelas que não fumam. Os componentes do cigarro provocam danos aos ovários, aceleram a chegada da menopausa e ainda alteraram geneticamente os óvulos.
Como você pode ver, a infertilidade, em muitos casos, é provocada pelo mau funcionamento de organismo e pode ser evitada. Se for necessário, faça uma mudança gradativa nos seus hábitos e garanta uma gravidez tranquila e o desenvolvimento saudável do seu bebê.

Conteúdo autorizado para reprodução na Revista Materlife com a fonte retida pelo publicador.

Divulgado por: Clínica Fecondare, especializada em medicina reprodutiva. Multidisciplinar, a equipe é constituída por profissionais da área da ginecologia, psicologia e embriologia. Responsável técnico: Ricardo Nascimento – CRM 3198 – RQE 2109

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

O cigarro e as crianças

Os primeiros registros de uso do tabaco datam de meados do século IX, utilizado por tribos indígenas em seus rituais religiosos. Historiadores acreditam que a

Leia Mais »

Gestação Anembrionada

“A gestação anembrionada pode ser identificada no primeiro trimestre da gravidez por meio da ultrassonografia. Essa gravidez consiste em um saco gestacional vazio, sem embrião

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!