Clique e acesse a edição digital

Brincar sozinho é importante para seu filho

Tempo de Leitura: 4 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
cute-astronaut-kid-playing

Quando seu filho brinca sozinho, ele desenvolve habilidades de autossuficiência e estimula a criatividade.

As crianças que brincam sozinhas aprendem muitas lições valiosas que levarão consigo por toda a vida. Por exemplo, o jogo independente aumenta a autoconfiança e a criatividade, especialmente porque não tem ninguém que lhes diga o que jogar ou que assuma a liderança. O tempo de brincar sozinho também ajuda seus filhos a se tornarem indivíduos completos que se sentem confortáveis em uma variedade de ambientes – inclusive sozinhos.

Além disso, há evidências de que programar demais as crianças – o oposto das brincadeiras independentes – pode colocar muita pressão sobre as crianças e roubar-lhes os benefícios da brincadeira.

Veja outras vantagens em brincar sozinho por algumas vezes:

– “Eu comigo mesmo”: As crianças que brincam sozinhas aprendem a se divertir sozinhas. Elas não contam com os outros para sua felicidade e entretenimento. À medida que seus filhos crescem, eles entendem que nem sempre terão alguém ao seu lado em todos os momentos. Eles serão indivíduos mais confiantes e satisfeitos.

– Promove a imaginação: Você pode sentir que seu filho está cheio de imaginação. Espere até dar um passo atrás e deixá-los brincar sozinhos! O tempo por si só irá atrair super-heróis, princesas e outras situações de jogo que você não conseguiria ver se eles não estivessem brincando sozinhos. Eles serão rápidos em pensar e sua criatividade brilhará.

– Desenvolve Independência Social: Brincar sozinho desenvolve um forte senso de independência nas crianças. Eles não precisam estar perto de outra pessoa ou grupo de pessoas o tempo todo. Esta independência social irá ajudá-los a se sentirem confortáveis em qualquer situação. Brincar sozinho não incentiva seus filhos a se afastarem dos outros. Ele os prepara para o que quer que seja o seu dia: uma manhã brincando sozinho, uma tarde com seu grupo de recreação ou uma festa do pijama à noite com um amigo.

– Incentiva a calma: Brincar ao ar livre energiza as crianças, enquanto brincar com outras pessoas proporciona-lhes muita interação. Brincar sozinho traz uma sensação de calma para seus filhos.

– Ensina o “auto-calmante”:  As crianças querem saber que estamos ao seu lado quando precisam de nós, mas aprender a brincar sozinhas também as ensina a se acalmarem. Elas contam sempre com você, mas também aprendem a olhar para dentro para resolver problemas. Seus filhos começam a compreender melhor suas próprias emoções e podem começar a comunicar esses sentimentos a você também.

– Oferece segurança quando sozinho: Por mais que você queira, você não pode interagir com seus filhos 24 horas por dia, 7 dias por semana. Você tem tarefas a fazer. Quando seus filhos sabem brincar sozinhos, eles não dependem tanto de você para ser o diretor de entretenimento. Eles também percebem que você não os está ignorando por não brincar com eles. Em breve eles estarão ansiosos pelo momento do jogo individual. – Dá a você algum tempo de inatividade: Outra vantagem de ensinar seus filhos a brincar sozinhos é que você ganha uma pausa muito necessária. Este não é o seu objetivo principal, é claro, mas o tempo que você passa sozinha também é um bom exemplo para seus filhos. Seus filhos podem ver que você gosta de fazer as coisas que ama sozinho e que não precisa da atenção de outra pessoa 100% do tempo para ser feliz.

Dra. Regiane Glashan
Apaixonada pelo mundo perinatal, infanto-juvenil e familiar.
Enfermeira, Especialista em Saúde Pública
Mestre e Doutora em Biologia Molecular pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Terapeuta Familiar, Casal e Individual
Educadora Parental Positiva (PDA – USA)
Educadora Emocional Positiva (Programa Ciranda – MSC Rodrigues)
www.terapeutadebebes.com
@terapeutadebebes_familia
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Teste da Orelhinha

Triagem auditiva neonatal é a denominação dada aos testes realizados em recém-nascidos, com o intuito de detectar perdas auditivas, e que popularmente é conhecido com

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!