Clique e acesse a edição digital

É possível ensinar a comer brincando?

Tempo de Leitura: 4 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
WhatsApp-Image-2023-11-09-at-14.45.25-3

O papel do nutricionista infantil é promover uma alimentação consciente, colorida, variada e nutricionalmente completa a partir do estado nutricional da criança. O profissional tem a responsabilidade de guiar a família do paciente perante doenças ou comportamento alimentar inadequado.

A construção de hábitos saudáveis nem sempre é uma tarefa fácil. Exige dedicação, organização e muita paciência. E você sabe o que são hábitos saudáveis para crianças? Compartilho abaixo, alguns exemplos:

  • Sono regular, toda criança precisar ter horário para dormir. Isso favorece o seu crescimento e desenvolvimento. Crianças em idade pré-escolar e escolar precisam descansar para aproveitamento na escola;
  • A criança precisa realizar pelo menos cinco refeições ao longo do dia. É a partir da alimentação que a criança obtém energia para realizar todas as suas tarefas: estudar, brincar, exercício e dormir;
  • A leitura é um excelente hábito. Quanto maior o nível de leitura, melhor é a interpretação e escrita da criança. Separe um tempo na sua rotina e leia com o seu filho. Pode inclusive ser livros relacionados a alimentação;
  • Exercício, saia com seu filho três vezes na semana para fazer atividade física. O exercício é fundamental para contribuir com o sono, concentração, desenvolvimento físico e intelectual, apetite e o intestino da criança;
  • Brinque! Toda criança precisa brincar, pegar sol e interagir com outras crianças. Reserve um tempo para ir brincar com o seu filho. Pode ser no final de semana, em parques, praças ou no play do prédio. E se não for possível, utilize jogos pedagógicos que envolva concentração, raciocino e interpretação. Jogos são ótimos!
  • Outro hábito fundamental é realizar as refeições em família. É na mesa que se inicia a formação do hábito alimentar saudável. Essa escolha, proporciona maior interação entre pais e filhos. O convívio familiar é fundamental para identificar dificuldades nas crianças. Seja limitações na escola, na alimentação ou até mesmo a forma como seu filho percebe o mundo. Ainda, com a participação das crianças nas tarefas em casa você consegue identificar como seu filho está crescendo e se desenvolvendo. Aposto que todo mundo vai adorar!

O universo infantil permite uma interação espetacular. Com um pouco dedicação e criatividade, você consegue ensinar seu filho a se alimentar com maior qualidade nutricional. Usar algumas brincadeiras, jogos, atividades e relacionar com a alimentação, é uma excelente estratégia. Compartilho com vocês, algumas sugestões:

  • Tire um dia da semana para uma oficina culinária. Envolva seu filho desde a escolha do prato até a organização da cozinha;
  • Construa com o seu filho jogos usando os alimentos. Como por exemplo a caça ao tesouro;
  • Converse de forma clara sobre os alimentos que precisam ser evitados. Usar as cores do semáforo é excelente. O verde são alimentos que podem ser consumidos todos os dias. O amarelo que podem ser consumidos até 2 vezes na semana e o vermelho indica alimentos que podem ser consumidos em datas comemorativas ou aos finais de semana e sem excesso;
  • Faça com ele um modelo de prato saudável. Explique a necessidade de realizar a refeição do café da manhã, almoço e jantar;
  • Leve o seu filho ao supermercado, feira ou padaria. É uma excelente forma de ensinar sobre planejamento, desperdício e economia;
  • Converse sobre sustentabilidade ensinando separar o lixo e aproveitando o máximo os alimentos;
  • Imprima imagens de alimentos e separe um tempo para colorir com a criança;
  • Brinque de cobra-cega, tampe os olhos e o deixe adivinhar quais são os alimentos que serão servidos no almoço ou jantar;
  • Jogos com foco na alimentação são ótimas opções;

Construa memorias afetivas envolvendo a alimentação saudável. Criança que está cozinha recebe muitos estímulos e assim, reflete na sua saúde e qualidade de vida.


Nutricionista
Débora Christina
Nutricionista Infantil e Escolar. Especialista em Nutrição Clínica Pediátrica; Nutrição Clínica e Terapia Nutricional; Alimentos, Nutrição e Saúde no Espaço Escolar e Mestre em Saúde Pública. Atendimento clínico para bebês a partir do 6° mês até crianças com 12 anos.

@nutrideborachristina
(45) 99904-1285
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

2 a 4 Anos: Comportamento

Por volta dos 3 anos, geralmente começa uma fase de “enfrentamento” com pais. É o momento de começar o processo de disciplina. Muitos comportamentos e

Leia Mais »

Crianças seletivas

Papo de rodinha na porta da escola é sempre o mesmo: “meu filho não come” ou então “minha filha só come macarrão”. Nos primeiros anos

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!