Clique e acesse a edição digital

Escolhendo a próxima escola do seu filho

Tempo de Leitura: 4 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Preschooler enjoying playing with his airplane toy

A escolha da escola pode ser um momento muito desafiador na vida dos pais e é, com certeza, uma decisão muito importante para o futuro das crianças.

Pensando nisso, trouxe algumas dicas para te direcionar ao que você precisa ficar atento em cada escola para fazer essa escolha de forma mais tranquila.

Proposta pedagógica e metodologia de ensino: Cada escola busca ensinar através de um objetivo e valor, mas nem sempre eles estão de acordo com os seus. Existem escolas que priorizam passar o conteúdo e valorizam a disciplina. Outras priorizam a expressão individualidade de cada aluno na construção do conhecimento. Não existe certo ou errado, existe o que faz mais sentido para você e sua família.

Apesar disso, existem requisitos que precisam ser atendidos, independente da metodologia de ensino, como o equilíbrio entre os conteúdos, o brincar e a interação social. É importante que a criança se sinta estimulada a ir para escola, mas isso dificilmente acontecerá se ela ficar 4 a 6 horas ininterruptas recebendo apenas matérias e não ter momentos lúdicos para equilibrar a rotina.

Atividades extracurriculares também são boas aliadas neste momento, mas cuidado para não sobrecarregar a criança enchendo-a de coisas para fazer no contraturno – o equilíbrio deve existir a todo momento.

Desfralde: o desfralde é uma etapa muito importante e delicada na vida da criança. É nesse momento que ela aprende identificar suas necessidades fisiológicas e ter controle dos esfíncteres – isso acontece a partir de 1 ano e meio, mas muitas crianças só se sentem preparadas para ele com cerca de 3 anos. Por isso, é indicado que o desfralde seja feito respeitando a individualidade e o tempo de cada um, e não de forma coletiva, como infelizmente acontece em muitas escolas. Se sua criança estiver passando, ou iniciará este processo, não se esqueça de perguntar como é feito o desfralde.

Espaço físico – cuidado e segurança: o espaço físico também é um ponto importante a ser avaliado, as crianças precisam de conforto para aprender e espaço e recursos para brincar.

Visite a escola durante o horário de aulas e observe o cuidado que a equipe tem com as crianças, como é demonstrado o afeto e a disciplina, a higiene do local, estrutura e até mesmo a quantidade de alunos por sala – é interessante que sejam cerca de 15 a 20 alunos por professor. Esse número pode ser menor para crianças mais novas, pois exigem mais atenção e cuidado.

Também relacionado ao espaço físico, precisamos prestar atenção na segurança da escola, como funciona a entrada e saída dos alunos e terceiros e quais os procedimentos caso ocorra uma emergência ou acidente.

Desenvolvimento socioemocional: mais do que saber português e matemática, é necessário que seu filho aprenda e seja incentivado a usar habilidades de inteligência emocional e empatia. Isso é um trabalho que começa em casa, já que faz parte da construção de valores e caráter, mas precisa ser colocado em prática no ambiente escolar e no relacionamento interpessoal com colegas, professores e funcionários.

Conduta da escola: Como a equipe escolar reage aos maus comportamentos? E às agressões físicas e bullying? Como é a diversidade, inclusão de crianças com deficiências ou dificuldades de aprendizado? Como lidam com as dificuldades ou desconfortos das crianças? Os métodos de correção da escola condizem com os seus? A forma como a escola vai lidar com cada um dessas questões dirá muito sobre o funcionamento do ambiente e o relacionamento que terá com sua família, por isso, é necessário que as respostas façam sentido para você.

Opiniões de outros pais e alunos já matriculados: Por fim, mas não menos importante, escute o que os outros têm a dizer. Busque referências, veja como as crianças estão se desenvolvendo e peça a opinião dos pais, alunos e ex-alunos da escola. Isso vale mais do que qualquer prêmio ou publicação que a escola possa ter.

Espero ter ajudado você de alguma forma, nos vemos no mês que vem!

Com amor,

Giu.


Dra. Giulia Paspaltzis

Psicóloga Infanto-Juvenil, fascinada pelo mundo da infância e da parentalidade, pós-graduada em Terapia Cognitivo Comportamento na Infância e Adolescência. Ajudo pais e filhos a construírem um relacionamento mais saudável e respeitoso.
psigiuliapaspaltzis@gmail.com
@giuliap.psi

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Quarentena: mitos e verdades

Quarentena ou resguardo são nomes populares para designar o puerpério, etapa da vida da mamãe que começa depois do nascimento do bebê. Além dos cuidados

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!