Clique e acesse a edição digital

Lancheira escolar saudável, é possível?

Tempo de Leitura: 4 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Kids eating lunch at elementary school

A criança na faixa etária escolar, precisa de energia e nutrientes adequados para alcançar o seu crescimento físico e o desenvolvimento intelectual adequado. Para que a criança alcance essas metas é necessária uma alimentação nutricionalmente completa e equilibrada respeitando quantidade e qualidade conforme o sexo, idade, peso e altura da criança. Crianças que se alimentam adequadamente conseguem responder aos estímulos do processo da aprendizagem. Ao contrário, crianças com deficiências nutricionais podem desenvolver dificuldade no processo de aprendizagem.

O recreio ou intervalo desempenha uma dupla função na escola: incentivo a prática de atividade física e atenção as necessidades nutricionais da criança. A merenda ou lancheira escolar deve seguir os princípios básicos de uma alimentação saudável e equilibrada. Assim, deve fornecer a criança todos os grupos alimentares: carboidratos, proteínas vegetal e animal, gorduras boas, fibras, vitaminas, minerais e água. São esses nutrientes que contribuem com o desenvolvimento físico e intelectual enquanto seu filho estiver na escola. Alguns nutrientes se destacam para auxiliar no desenvolvimento intelectual do seu filho. A vitamina A, B, C, E e ômega 3, são fundamentais para potencializar a memória e a concentração da criança. E você pode inserir esses nutrientes facilmente na lancheira do seu filho.

A criança em idade escolar normalmente prefere lanches mais calóricos, rápidos e de baixo valor nutricional. E nessa jornada, o equilíbrio é a chave para garantir uma lancheira saudável. Alguns alimentos não são indicados para compor a lancheira escolar, como por exemplo: salgadinhos industrializados, refrigerantes, água saborizadas artificialmente, balas, gomas, chicletes, bombons, pirulitos, pipoca industrializada, bolo industrializado ou com recheios calóricos, salgadinhos fritos e biscoitos ou bolachas com coberturas. É comum encontrar na lancheira das crianças esses alimentos sem valor nutricional. Os pais muitas vezes são vítimas da praticidade que eles proporcionam para a dinâmica da família. Porém, são alimentos de baixo ou nenhum valor nutricional e com excesso de açúcar, gordura, conservantes e calorias.

Mas, afinal, é possível organizar uma lancheira saudável? Sim! É possível. Talvez no início, você precise de alguns dias para organizar e preparar os lanchinhos. Mas, no decorrer do ano letivo, você irá vivenciar os benefícios da lancheira saudável no desenvolvimento e crescimento do seu filho. Anteriormente foi explicado que a lancheira precisa ter todos os grupos alimentares. Para te auxiliar, vou exemplificar alimentos de cada grupo que pode compor a lancheira escolar do seu filho.

Carboidratos: pão integral, francês ou caseiro, bolos, muffins ou cupcake sem recheio ou cobertura, torta ou muffin salgado, pastel integral assado, pão de queijo, biscoito de polvilho, chips de batata doce, salsa ou mandioca assados, panquecas, sanduíches, tapioca e cookies integrais.

Proteínas: queijos, frango ou carne para recheio de sanduíches, quibe assado, croquete de carne ou frango assado, omelete, ovo cozido, crepioca, pasta de amendoim, requeijão, manteiga, oleaginosas e patês com atum ou grão-de-bico.

Frutas: morango, manga, laranja, uva verde e roxa, abacaxi, mexerica, melancia, ameixa, pêssego, kiwi, banana, chips de banana ou maçã e frutas secas.

Legumes: cenoura baby, palitos de cenoura, pepino ou brócolis, tomate cereja, alface, beterraba, patê de beterraba ou patê de legumes.

Bebidas: água, água saborizada natural, suco natural, polpa ou integral, água de coco, iogurte, chá quente ou gelado, vitamina de frutas e iogurte.

Esses alimentos são de fácil acesso e com alto valor nutricional. Quando você faz escolhas saudáveis para o seu filho, você está garantindo que ele cresça forte, saudável e se desenvolva intelectualmente.

Nutricionista
Débora Christina
Nutricionista Infantil e Escolar. Especialista em Nutrição Clínica Pediátrica; Nutrição Clínica e Terapia Nutricional; Alimentos, Nutrição e Saúde no Espaço Escolar e Mestre em Saúde Pública. Atendimento clínico para bebês a partir do 6° mês até crianças com 12 anos.
@nutrideborachristina
(45) 99904-1285
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Alimentação infantil

Tem criança que não gosta de comer, então que tal deixar este momento bem mais divertido e tornar o ambiente mais agradável para a criança

Leia Mais »

Anuncie

Conceber um bebê uma das experiências mais emocionantes da vida, e a sua empresa pode participar deste momento. Cada nascimento e cada nova família só

Leia Mais »

Diarreia aguda em crianças

Porque a suplementação com Lactobacillus reuteri DSM17938 é importante As diarreias são implicadas como a segunda causa de mortalidade em todo o mundo e primeira

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!