Clique e acesse a edição digital

Mitos & Verdades sobre os primeiros dentinhos 

Tempo de Leitura: 4 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Closeup shot of an adorable baby boy in his home.

Você sabe o que é fake?  

Uma das fases mais gostosas de acompanhar é o nascimento dos primeiros dentinhos. Os pais ficam ansiosos para ver aqueles sorrisinhos sinceros e lindos… Mas para muitos é um momento cercado de dúvidas e que merece explicações do pediatra. Afinal, a febre neste período é normal? A dentição pode baixar a imunidade dos pequenos? Picolé de leite materno? Isso realmente funciona? Nesta matéria, vamos bater um papo para sanar esses questionamentos e ajudar você e seu bebê a passarem por este momento.  

Para começar, não existe uma idade certa para o início da dentição na primeira infância. Mas isso já pode acontecer a partir dos 6 meses. Os incisivos centrais, dentes do meio do meio da boca, geralmente são os primeiros. Logo após, os incisivos laterais e por fim os caninos e molares. Já a dentição permanente ocorrerá em torno dos 6 anos. Mas o último dente nasce em torno dos 12 anos. 

É essencial que os pais fiquem atentos aos sinais, que podem ser individuais e variar de criança para criança, mas neste período é normal que ocorra inchaço na gengiva (em quase todos os bebês), baba em excesso, dor, irritabilidade, erupção cutânea, febrícula e perda de apetite. Além disso, a criança sente a necessidade de morder. 

Agora, vamos para uma dúvida que é muito comum: antes dos dentes nascerem, é normal a imunidade da criança baixar? O início da dentição não baixa a imunidade. Isso é um mito. E a criança também não fica com febre, o que ocorre é uma febrícula. É extremamente importante ressaltar isso. 

A alimentação é um dos pontos que devemos dar atenção neste período para ajudar os pequenos. E o que pode ser feito nesta fase?  

Durante este período que é doloroso para o bebê, o indicado é investir em alimentos pastosos feitos em casa pela família com proteínas e legumes, naturais e nutritivos. Tudo o que for possível para facilitar a ingestão. Para os que ainda mamam, picolé de leite materno é uma ótima solução. Além de deliciosa e divertida, pode trazer alívio por ser geladinho. 

E o que fazer para aliviar as dores dos primeiros dentinhos? Antes de sair perguntando aos amigos e familiares e até mesmo procurar na internet, os pais devem levar a criança ao pediatra e seguir a orientação medicamentosa para diminuir as dores provocadas pelo nascimento dos dentinhos.  Também pode ser receitado: mordedores gelados (mas cuidado com o líquido que vem em alguns), que podem entreter os pequenos. É necessário que sejam lisos e adaptados para isso. Essa ação pode melhorar a inflamação do local e também pode ser realizada com frutas e bebidas geladas, como água de coco.  

A massagem na gengiva é outra alternativa para combater o desconforto bucal. É só massagear a área com a ponta do dedo, bem higienizado, até melhorar o incômodo. 

E o picolé de leite materno? Isso realmente funciona?  O picolé de leite materno é o queridinho e costuma ser super efetivo. Além de nutritivo, irá auxiliar neste período. Para quem ainda não sabe como fazer, é só seguir o modo de preparo, que é bem fácil:  

A mamãe deve limpar as aréolas e lavar bem as mãos com água corrente e sabão. É necessário jogar fora os primeiros jatos de leite. Depois, retire o restante e coloque em um local que esteja esterilizado. Reserve em uma bacia com gelo e água fria por 2 minutos e mantenha no freezer por até 15 dias. Os pais podem sugerir o picolé de leite materno 2 vezes ao dia, mas fique atento, este mimo não deve substituir a amamentação e nem a alimentação dos pequenos.  

Aproveite esta fase com o seu bebê e admire o nascimento dos dentinhos que formarão um belo sorriso… 

Dra. Danielle Negri
Médica pediatra e neonatologista, com mais de 17 anos de experiência. É CEO de um complexo pediátrico no Leblon. Formada pela UFF, possui mestrado pelo conceituado Instituto Fernandes Figueira. Responsável pela UTI neonatal da Perinatal. Anualmente, viaja para os EUA para apresentar suas pesquisas e se atualizar nos congressos mais importantes da área pela Academia Americana de Pediatria e pela Sociedade
 de Neonatologia. 
@dradaniellenegri
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Por que falar de fotoproteção?

Os dermatologistas chamam a atenção cada vez mais sobre a importância da fotoproteção adequada, um assunto muito presente no nosso cotidiano, principalmente em um país

Leia Mais »

Estrias na gravidez

50% a 90% das mulheres sofrem com estrias pós-gestação, mas saiba que dá para amenizar esse problema. Quando se fica grávida, algumas questões vêm a

Leia Mais »

Comida de Criança

Confira abaixo um guia completo para uma alimentação adequada a cada fase do desenvolvimento infantil, de zero a dois anos “O que que tem na

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!