Clique e acesse a edição digital

Obesidade infantil: como tratar as causas?

Tempo de Leitura: 4 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Delicious burger favorite of most all peoples

A obesidade infantil é definida como uma modificação da composição corporal e pelo excesso de massa gorda e por consequência, provoca o aumento do índice de massa corporal (IMC). A maioria dos casos a obesidade infantil é resultado do consumo calórico superior ao gasto energético. Para determinar o estado nutricional de uma criança sugere-se a utilização das medidas antropométrica como o peso, altura, circunferência do abdômen, cintura e do braço. As curvas de crescimento da Organização Mundial da Saúde também sustentam essa avaliação. Preciso ressaltar que o diagnóstico nutricional de uma criança obesa é clínico. Além da avaliação antropométrica, é necessário considerar na avaliação: aspectos clínicos e pessoais, exames laboratoriais, semiologia nutricional e dietético.

Você já deve ter se perguntando quais são os aspectos que estão relacionados a obesidade infantil. Entre os mais citadas na literatura são: genéticos/metabólicos, socioeconômicos e culturais, psicológicos, sedentarismo, comorbidades, uso indevido de suplementos, alimentação irregular e consumo exagerado de alimentos industrializados.

A obesidade infantil pode ser tratada de forma simples dinâmica e com criatividade. A mudança do comportamento alimentar da criança e a participação da família, é determinante para eficácia do tratamento e principalmente resgatar hábitos saudáveis. A utilização de ferramentas do universo infantil permite uma interação espetacular na adesão ao tratamento.

Atenção! Quando você escolhe os alimentos que vão para sua casa, você está escolhendo levar SAÚDE OU NÃO. Por isso, se o seu filho teve o diagnóstico de obesidade infantil, é necessário que todos da família participem das mudanças. Com dedicação você consegue ensinar seu filho a se alimentar com maior qualidade nutricional. Vou listar para você algumas ações positivas para o tratamento nutricional da criança com obesidade:

• Aumente a ingestão de líquidos;

• Aumente o consumo de frutas, legumes e verduras com receitas criativas;

• Convide seu filho para participar na rotina das refeições. Como guardar as compras, escolher as receitas da semana, montar a mesa para as refeições ou lavar a louça;

• Convite o seu filho para cozinhar com você;

• Determine um dia para as refeições com maior valor calórico;

• Incentive seu filho para mastigar bem os alimentos e comer devagar;

• Leve seu filho ao mercado e ensine a fazer boas escolhas;

• Ofereça fibras aumentar a saciedade. Como farinha de aveia, cereal sem açúcar ou chia;

• Ofereça líquidos, como após as refeições;

• Realize as refeições em ambientes calmos, sem música ou telas. Priorize o contato com o seu filho. Conversem durante as refeições;

• Reduza o consumo de refrigerantes e aumente de sucos ou chás naturais;

• Reduza o tempo de telas e incentive jogos educativos e atividades ao ar livre;

• Saia com o seu filho para caminhar ou pedalar por 30 minutos três vezes na semana;

• Substitua alimentos fritos por assados e grelhados;

• Substitua o sorvete a base açúcar e gordura pelo de fruta e sem açúcar;

• Uma fruta cítrica após as refeições, pode ser uma excelente sobremesa.

A conduta nutricional da criança com obesidade infantil está relacionada com manutenção do seu peso, mudança do comportamento alimentar e estilo de vida. Não é recomendado utilizar dietas restritivas. O correto é ajustar quantidade e a qualidade da alimentação da criança e de sua família.

Nutricionista
Débora Christina
Nutricionista Infantil e Escolar. Especialista em Nutrição Clínica Pediátrica; Nutrição Clínica e Terapia Nutricional; Alimentos, Nutrição e Saúde no Espaço Escolar e Mestre em Saúde Pública. Atendimento clínico para bebês a partir do 6° mês até crianças com 12 anos.
@nutrideborachristina
(45) 99904-1285
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Dermatite das fraldas

Quando pensamos em bebês, naturalmente nos vem à mente aquele serzinho de fraldas, e é sobre elas que vamos falar hoje. As fraldas no século

Leia Mais »

Escoliose Infantil

A palavra escoliose vem de uma palavra grega que significa “torto”, é uma curvatura anormal da coluna. Causada por malformação nas cartilagens de crescimento das vértebras, geralmente

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!