Clique e acesse a edição digital

SAÚDE DO BEBÊ: SAIBA COMO ALIMENTAR CORRETAMENTE O SEU FILHO

Tempo de Leitura: 2 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A primeira dica é básica e única: Leite Materno. Esse alimento é o mais completo e rico que existe e deve ser mantido a risca nos primeiros meses de vida da criança.
O leite da mãe já possui todos os nutrientes necessários para a criança. Caso a criança recuse o peito, a recomendação é de buscar auxílio médico e nutricional o quanto antes, já que somente o especialista conseguirá indicar uma alternativa semelhante e completa quanto ao leite materno. Após o primeiro semestre já é possível inserir outros alimentos na rotina da criança. Cereais, carnes e legumes já podem ser consumidos moderadamente.
“É o que chamamos de alimentos complementares, ou seja, eles complementam o leite materno (que deve permanecer até os dois anos, em média). Recomenda-se que a criança consuma esses alimentos por no máximo três vezes ao dia, amassados e em pequenas porções”, explica Liliane Oppermann.
A solidez do alimento também deve ser moderada e aumentar aos poucos.
Num primeiro momento, a introdução desses alimentos deve ocorrer em forma de papas ou purês. Com o passar o tempo e com o nascimento dos dentes é possível aumentar o tamanho do corte das carnes e legumes.
Desta fase em diante, basta observar o crescimento da criança e a sua necessidade alimentar. Pratos coloridos, sobretudo os que contêm beterraba, cenoura e batatas devem ser priorizados devido ao seu alto índice de vitaminas e nutrientes.
Só uma alimentação variada garante a quantidade de ferro e vitaminas que a criança necessita, mantendo uma boa saúde e crescimento adequados. O ferro é um nutriente que é melhor absorvido quando a criança recebe, na mesma refeição, carne e frutas ricas em vitamina C”
É recomendável abolir açucares sódio e frituras do cardápio da criança. Se isso não for possível, que pelo menos o consumo seja restrito a um dia da semana. Consumidos em excesso, esse alimentos podem trazer prejuízos a saúde no futuro.
O açúcar somente deve ser usado na alimentação da criança após um ano de idade. Esses alimentos não são bons para a nutrição da criança e competem com alimentos mais nutritivos. Pimenta, mostarda, catchup e outros produtos condimentados também devem ser evitados.

Fonte- Médica Nutróloga e Ortomolecular Liliane Oppermann
Site- www.doutoraliliane.com.br

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Área do médico

PREZADO DR (A).  Caso haja interesse em receber o veiculo Materlife de forma gratuita em seu consultório, preencha corretamente as informações abaixo, iremos efetuar o cadastro em

Leia Mais »

Alerta Coronavírus

Nos últimos dias temos assistido a muitas notícias desse novo vírus que tem alarmado o mundo. Afinal quem é ele? O que ele pode causar?

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!