Clique e acesse a edição digital

HIDRATAÇÃO FACIAL E CORPORAL É FUNDAMENTAL

Tempo de Leitura: 3 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Dentre esses tratamentos, a hidratação corporal e facial é fundamental, principalmente nos seios, barriga e nádegas. Mais que estética, é uma questão de saúde já que, por conta do crescimento do bebê, a pele dessas áreas estica muito e esse estiramento é que leva ao aparecimento das temidas estrias. Segundo a fisioterapeuta, nessas regiões é aconselhável usar hidratante após o banho ou um creme antiestrias, mas nem sempre só o tratamento caseiro dá resultado. Clínicas especializadas, como o Zahra Spa, oferecem tratamentos eficazes e seguros para gestantes com o auxílio de aparelhos e máscaras nutritivas que potencializam e melhoram a textura da pele, dando maciez, elasticidade e suavidade. “Sem falar que a hidratação também relaxa a musculatura e alivia o estresse, tão grande nesse período da gestação”, diz.
Hidratação Facial Profunda
A pele do rosto durante a gravidez pode ficar com manchas (melasmas) e acnes em função do perfil hormonal da gestante. Manter, então, a pele hidratada é importante a sua proteção. A quantidade de sessões varia de acordo com a desidratação da pele e a frequência de sessões, que duram 40 minutos, pode variar de 1 a 4 por mês.
Como é realizado o tratamento?
O tratamento inicia-se com a higienização do rosto e esfoliação da pele para remoção de células mortas. Depois é utilizada a técnica de drenagem facial com pedras frias para proporcionar total permeabilidade do produto pelas células. Em seguida é realizada a aplicação da máscara hidratante nutritiva, vitamina C e finalização com filtro solar. “O resultado é uma hidratação intensa, estabilização da umidade e a restauração do ponto de equilíbrio ideal, devolvendo a flexibilidade e elasticidade da pele”, diz Mariana.
Benefícios:
• Previne manchas;
• Oferece luminosidade, a pele fica nutrida e com vida;
• Evita o ressecamento, revitaliza e regenera os tecidos, proporcionando uma pele mais saudável;
• Evita ou minimiza o envelhecimento precoce;
• Regula a secreção sebácea e auxilia na regeneração da pele.
Hidratação Corporal
Durante a gestação, devido ao estiramento da pele, que não é acompanhado pelo crescimento das fibras elásticas, pode ocorrer a formação das estrias principalmente no abdômen, coxas, glúteos e mamas, além da flacidez da pele pós-parto. Para evitar estas ameaças, a Hidratação Corporal para gestante restabelece a hidratação corporal e promover a beleza e suavidade da pele, evitando o envelhecimento precoce, formação de estrias e a flacidez da pele. “É realizada por meio da esfoliação, hidratação com massagem relaxante-revigorante. E deve ser feita a cada quinze dias para que obtenha o resultado esperado”, recomenda.
Como é realizado o tratamento?
Primeiramente, realiza-se uma esfoliação corporal que consiste na remoção das células mortas (que estão localizadas na epiderme) e na estimulação da derme, proporcionando um afinamento na camada superficial, contribuindo para uma melhor absorção de princípios ativos específicos que repõem a umidade natural, melhorando o aspecto e a suavidade da pele, além de prevenir o processo natural de envelhecimento.
Posteriormente faz-se uma hidratação corporal com hidratantes específicos que repõem a perda de água da pele reestabelecendo o grau de hidratação, além de promover um relaxamento da musculatura através das manobras realizadas durante o tratamento e aliviando o stress.
Benefícios:
• Previne formação de estrias e flacidez pós-parto;
• Ajuda a combater a celulite;
• Ajuda a uniformizar a tonalidade da pele tirando manchas;
• Ajuda a liberar as toxinas do corpo;
• Estimula o sistema metabólico;
• Deixa a pele saudável e com um aspecto natural de suavidade;
• Previne o envelhecimento precoce;
• Evita pelos encravados;
• Melhorar a circulação sanguínea.
Fonte – Mariana Moraes, fisioterapeuta do Zahra Spa & Estética

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Disfunção cerebral mínima

As crianças com disfunção cerebral mínima têm, em geral, inteligência média ou acima da média; mas, apresentam certos problemas de aprendizagem ou de comportamento associados

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!