Clique e acesse a edição digital

Criança combina com água.

Tempo de Leitura: 2 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Young girl in swimwear and swimming cap using boards in the swimming pool,  they learning to swim

Quem pensa em uma vida saudável para seus filhos,
pensa em natação.

 Quanto mais nova uma criança começa a praticar uma atividade física, melhor. Esportes que podem ser iniciados logo cedo são os mais recomendados. E uma das melhores opções para o público infantil é a natação.

Entre os diversos benefícios proporcionados por atividades físicas aquáticas estão a melhora da capacidade cardiorrespiratória, tônus muscular, coordenação motora, equilíbrio, agilidade, força e velocidade. Habilidades psicomotoras como a lateralidade e as percepções tátil, auditiva e visual, além das noções espacial, temporal e de ritmo complementam o ciclo de sociabilidade e autoconfiança.

Nadar pode ser parte do cotidiano dos pequenos desde os primeiros meses, como prática recreativa e com técnicas livres que auxiliam na adaptação ao meio líquido.

Esportes aquáticos contribuem para desenvolver o aspecto integral do ser humano, sejam cognitivos, emocionais e sociais. Também são incontestáveis a eficácia e a eficiência da natação para o aprimoramento físico e postural, essenciais para o desenvolvimento motor do bebê.

Na água a criança experimenta movimentos novos, sem o risco de traumas, como tombos. Ela pode rolar e movimentar livremente as pernas e braços em um meio aconchegante feito de água morna.

Um companheiro é sempre importante nas aulas, mas tem que ser alguém em quem a criança confie e possa travar uma relação de confiança que acrescente ao seu desenvolvimento afetivo. Segurança é fundamental para que os bebês aprendam mais, sem medo do que não conhecem.

É inegável a relevância da natação na formação da personalidade e inteligência das crianças, que aprendem conceitos de individualidade e de grupo nas dinâmicas das aulas na piscina.

Elas até aprendem melhor na escola, já que crianças adaptadas ao meio líquido em idade pré-escolar têm um rendimento mais satisfatório em seu processo de alfabetização.

São todas estas razões que tornam a natação um esporte completo, que aprimora a resistência do organismo e contribui com a prevenção e recuperação de doenças respiratórias e problemas ortopédicos.

Tenha sempre em mente que uma criança precisa ser bem agasalhada antes e depois das aulas e que, em caso de febre, diarréia, vômito, reações vacinais ou dores de ouvido ela não deve ser levada à piscina.

E não coloque pressão nos pequenos: eles não estão na natação para se tornarem campeões. O objetivo é formar um hábito que renda boa saúde para sempre.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Polivitamínicos

Porém, somente devem ser utilizados com prescrição médica e/ou nutricional, com acompanhamento, pois existem algumas vitaminas, principalmente as lipossolúveis (A, E, D e K), que

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!