Clique e acesse a edição digital

O que a criança precisa saber para iniciar uma atividade física

Tempo de Leitura: 2 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A criança não é um adulto (atleta) em miniatura.

Nas últimas duas décadas vêm-se notando uma redução na idade de início de treinamentos regulares e atividades competitivas em esportes como o tênis, natação, ginástica e futebol. Nesta prática esportiva precoce é muito difícil conhecer com precisão as características do futuro atleta de elite quando este ainda é muito pequeno.

Esta criança pode estar sendo iniciada precocemente na prática esportiva para a qual ela não tem as mínimas condições especiais exigidas. Além disso, a conquista de títulos e medalhas nesta fase não é garantia de sucessos esportivos quando este atleta se tornar adulto.

O principal fator de risco relacionado a pratica de atividades físicas na infância e que devem ser observados antes de iniciá-la, são:

– escolha do esporte ideal para idade;

– intensidade e freqüência do treinamento; – condicionamento global;

– flexibilidade;

– uso de equipamentos de segurança;

– condições médicas de cada candidato a determinado esporte.

A competição desportiva pode trazer benefícios do ponto de vista educacional e de socialização, pois gera experiências de atividades em grupo e coloca a criança frente a situações de vitória e derrota. Entretanto, quando há cobrança excessiva por desempenho pelos pais e treinadores, podem trazer conseqüências indesejáveis.

A prática de treinamentos intensivos e constantes, leva a repetição de um determinado movimento aumentando o risco de lesões por esforços repetitivos e lesões agudas devido ao maior tempo de exposição a ações que podem imprimir grandes cargas biomecânicas ao corpo da criança.

O treinador ou professor, na falta de conhecimentos específicos relacionados ao crescimento da criança, pode elaborar um treinamento falho em vários aspectos e pode ser prejudicial à saúde da criança.
Por isso, o treinamento em crianças e jovens consiste de um processo sistemático a longo prazo, com objetivos, programas e procedimentos diferentes de um treinamento de adultos, onde o crescimento e o desenvolvimento têm prioridade.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

DE OLHO NA BALANÇA:

Segundo o clínico geral e fisiologista do exercício, de São Paulo, João Pinheiro (CRM-SP 74.184), a principal causa é a falta de uma alimentação balanceada,

Leia Mais »

Fimose na infância

Antes de mais nada precisamos entender o que é fimose, um tema tão frequente num consultório pediátrico, mas que gera preocupação e medo entre as

Leia Mais »

O teste das fraldinhas

Os produtos têm desempenho diferente para meninos ou meninas e quase todas impedem a respiração da pele do bebê. A PROTESTE Associação de Consumidores testou

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!