Clique e acesse a edição digital

É NORMAL TER DOR NO UMBIGO NO FINAL DA GRAVIDEZ?

Tempo de Leitura: 2 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A separação da musculatura abdominal pelo crescimento do útero pode causar sensibilidade e fraqueza na região do umbigo, mas após a gestação a maioria das mulheres sofre uma regressão desse local. “Nos casos em que não há essa regressão, surge à hérnia umbilical, que pode ser corrigida por intervenção cirúrgica”, afirma a ginecologista.
Apesar de serem desconfortáveis, as dores no umbigo são totalmente suportáveis e não impossibilitam a gestante de fazer suas atividades cotidianas. Porém, a dor pode piorar no terceiro trimestre da gravidez, até o nascimento. Caso isso aconteça ao longo do tempo, a gestante deve procurar um médico para diagnosticar a causa. “Se a dor não desaparecer evite fazer esforço físico, como por exemplo, pegar um balde cheio de água ou agachar. Esses movimentos podem fazer uma pressão indevida no umbigo”, alerta a ginecologista.
Atenção mamãe: Dor no umbigo pode ser hérnia umbilical
Se após o parto, a região continuar dolorida e a pele não retornar ao normal, pode ter ocorrido o surgimento de uma hérnia umbilical, que pode ser corrigida cirurgicamente. “A hérnia umbilical está relacionada a uma fraqueza da parede abdominal na região umbilical, podendo estar presente desde o nascimento ou se desenvolver ao longo da vida. Normalmente, ela ocorre com frequência em mulheres após a gestação”, destaca Erica Mantelli.
O principal sintoma é uma sensação de desconforto na região do umbigo provocada quando a gestante faz algum esforço físico como carregar peso, ao se levantar da cama ou mesmo para fazer o esforço normal da evacuação.
Por isso, o melhor a fazer, quando surgem dores no umbigo, é comunicar o médico sobre tal desconforto. Assim, ele poderá acompanhar a evolução dessas sensações desagradáveis.
Fonte- Ginecologista e Obstetra Erica Mantelli CRM 124.315

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Lactação

Dra. Angelina M. Freire Gonçalves Inicia-se o período de amamentação. Sentimentos contraditórios povoam nossos pensamentos: de um lado o bem estar, a satisfação e alegria

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!