Clique e acesse a edição digital

Estrela – Brinquedos de 8 a 12 meses

Tempo de Leitura: 2 minutos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
baby-child-plays-rd

De 8 a 12 meses a criança experimenta um desenvolvimento social expressivo, participando de brincadeiras simples e trocando sinais com adultos. Começa a descobrir o próprio corpo e experimenta o mundo tocando, jogando, apertando, levando objetos a boca, mordendo. Já é capaz de sentar sem apoio e nesta posição esta pronta para a brincadeira. Começa a engatinhar e posteriormente, caminhar, buscando ativamente o que quer e o que se esconde.  Conseguem segurar um objeto em cada mão. Bolas pequenas de várias cores e texturas; blocos de madeira ou plástico além de argolas para encaixar e empilhar auxiliam o desenvolvimento da coordenação motora, sobretudo das mãos. Jogos de interação com brinquedos que emitam sons diferentes a pressão de botões ainda podem ser empregados.

A linguagem começa a se desenvolver de forma mais efetiva, sendo capaz de repetir sons.  A partir de 11 meses pronunciam palavras-chave que expressam desde um vocábulo a um desejo. Concentram-se por pequenos períodos para ouvir histórias e já são capazes de diferenciar o tom emocional da voz materna. Telefones coloridos e musicais chamam sua atenção, estimulando este momento mágico da descoberta das palavras.

Se interessam por bonecas, carrinhos e bichinhos de pelúcia. Lembre-se que a preferência da criança deve prevalecer; não existem brinquedos exclusivos para meninos ou meninas.

Nunca é demais ressaltar a questão da segurança. Os brinquedos devem ser formados por peças grandes que não possam ser engolidas; devem ser leves, sem pontas ou bordas afiadas e compostos por materiais não tóxicos. Neste quesito, vale a pena chamar a atenção quanto ao uso de andadores, tão amplamente difundido. Este é totalmente contra-indicado. Levam a um atraso da marcha, já que a criança pula etapas, “perde” a fase da experiência, da tentativa, da queda, tão importantes ao aprendizado da marcha; além de provocarem alterações ósseas e serem uma causa de acidentes graves. A partir de agora a criança passa a ter noção de si mesma como um indivíduo. Brinque, converse, cante e deixe que seu filho descubra o quanto é amado.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Filhos de novas uniões

A família nuclear clássica como era conhecida, quer sejam, pai, mãe e filhos, está em plena transformação há algum tempo. Como fato comprovado, o número

Leia Mais »

Quarentena: mitos e verdades

Quarentena ou resguardo são nomes populares para designar o puerpério, etapa da vida da mamãe que começa depois do nascimento do bebê. Além dos cuidados

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!